quinta-feira, 13 de julho de 2017

A tia do Homem-Aranha está cada vez mais nova

Entre outras incongruências, a do título é notória. Mas é um bom filme de entretenimento, sim senhora, numa sala toda XPTO, com um som surrounding à maneira e uma tela ginórmica. Ainda mais quando 2 bilhetes nos custaram 5 euros.

Quanto ao filme... bem, é baseado numa personagem Marvel e pouco mais há a dizer: acção inverosímel protagonizada por um puto entediado que só quer ser visto e mais de duas horas que passaram num ápice.

Recomendo que tenham paciência para ver a ficha técnica até ao fim. E dizer mais, seria um spoiler-alert. Vá, ide...

5 comentários:

  1. Detesto esta vaga de mash-ups que mais parece uma feijoada de super-heróis.
    Além de "Deadpool", o resto é-me demasiado descartável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eros, esta versão juvenil do H-A foi beber muito ao "Deadpool". O posicionamento da câmara, em muitas cenas, é tal e qual. É um filme para pipocada. Coisa em que não toco quando vou ao cinema, mas pronto...
      Ontem observámos uma cena caricata: um grupo de adultos com batatas fritas de pacote, tipo as Lays, a depenicarem-nas no início do filme. Aqueles pacotes faziam uma barulheira desgraçada!

      Eliminar
    2. Apesar de toda a gente já me ter dito que o Deadpool é o meu tipo de filme por causa do humor do próprio, ainda só consegui ver os primeiros 10, 15 minutos. Shame on me!

      Eliminar
    3. Nota: eu vejo SEMPRE a ficha técnica até ao fim. Vá, até ao momento em que passa a informação da banda sonora. :)

      Eliminar
    4. Norberto, só ainda não o viste na íntegra porque adormeces, certo? :P

      Pois, quanto a este H-A, é ver a ficha técnica toda, durante looooonnnnngoooossss minutos....e depois o resto :)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.