quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Uma autêntica colónia de férias

Hoje, fiz serviço de taxista até uma das zonas balneares aqui do Minho, para transportar três clientes para casa de um amigo comum. O outro carro levava mais três clientes e quando lá chegámos, encontrámo-nos com mais três deles. Ou seja, nove jovens (oito machos e uma fêmea) que devem estar, neste preciso momento, a levar na cara e no corpo com bolas de tinta uns dos outros, algures na mata. Ao final do dia haverá piscina para os que ficam a pernoitar na tal casa. 
Quando os vi a entrar, acompanhados do pai do anfitrião, pensei cá com os meus botões: "Parece mesmo uma colónia de férias! Bendita paciência que aquele pai tem que ter!"
Uma coisa é certa e já cheguei a esta conclusão mil vezes à medida que aprendo diariamente a ser mãe de um adolescente: nestes contextos de convívio deles, é mais fácil aturar um grupo do que só um ou dois deles.


9 comentários:

  1. Coitados dos pais da "fêmea"...

    ResponderEliminar
  2. É muito deselegante comentar o que não conhece, Anónimo. Muito mesmo.

    ResponderEliminar
  3. Esse anónimo, enfim

    ResponderEliminar
  4. Pupulam anónimos parvos por estas bandas, mas Eu sei que a Pseudo sabe que há anónimos e anónimos... Confesse lá qual é o seu preferido? Sei que vai dizer que sendo anónimos não os distingue, mas se pensar um bocadinho conseguirá associá-los a um episódio, um comentário... Desta vez o desafio é para Si... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, não tenho nenhum preferido entre vós. Claramente é mais agradável responder a alguém que, mesmo sendo contra, de opinião contrária ao publicado, não é desagradável ou mal educado ou inoportuno ou, neste caso em concreto, desconhecedor da situação familiar da "fêmea".

      Eliminar
    2. Esqueça a fêmea...;) Claro que esse anónimo, tendo sido palerma não é necessariamente parvo...
      Continuo a achar que tem um preferido...

      Eliminar
    3. Esqueço a fêmea como, se a vejo bastas vez4s, hein?
      Ora, pode achar o que muito bem entender. Eu ando por aqui há tanto e ainda não sei quem é quem. E admito que assim é mais empolgante (desde que eu continue a mandar na caixa de comentarios.:-)) Dr

      Eliminar
    4. https://www.youtube.com/watch?v=EmUi-qfKpNU
      ;)

      Eliminar
    5. Ena, Anónimo, já perdi a conta ao nr de vezes que esta música veio à baila na caixa de comentários.
      (Se vocês se identificassem, era mais fácil lidar com tod@s vós, bolas!)

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.