quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Tenho um hábito alimentar estranho

Após comer salada de grão de bico com atum e ovo, devidamente temperada com a mistura de azeite, salsa picada e cebola picada, apetece-me sempre comer um pão. Mas não é um pão qualquer; tem que ser pão d'avó. E muitas vezes como um pão, só por si, após esta refeição.
Isto acontece com mais alguém? E como se explica este desejo? Alguém sabe?

16 comentários:

  1. A molhar no azeite? Nada estranho, também gosto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Be, já com tudo lavado apetece-me sempre ir ao saco do pão.

      Eliminar
  2. Conheço quem tenha por hábito comer sempre um pouco de pão no final de cada refeição, hábito esse que foi herdado de um avô, mas essa tua descrição é demasiado específica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Norberto, eu chamo.lhe gulosice! :)

      Eliminar
  3. eu sou como a be! molhar no azeiteeee!

    :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obelhita, isso também é bom. Mas a minha tara sabe-me melhor. :P

      Eliminar
  4. Explicar não sei. Mas gostava. O meu marido tem uma tara assim do género.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, a tara do teu marido envolve o quê?

      Eliminar
  5. Gravidez! De gêmeos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, seria uma razão engraçada! Aliás, duas...mas não me parece que seja o caso. :)

      Eliminar
  6. No final de comer pescada cozida com legumes e ovo. Também acontece esporadicamente com outras comidas (massa com atum por ex).
    EU associo à necessidade do pão para "absorver" alguma da gordura ingerida.
    Ou então será mesmo gulodice :)

    Isa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa, aceito bem as duas explicações, inclinando-me de igual forma para uma e para outra. :)

      Eliminar
  7. É curioso, porque a comida, já de si, é de "enfarta-brutos", mas certamente haverá alguma explicação científica!
    Eu já não tenho avó, portanto o pão que como é mesmo da padaria, mas como não é hábito comer atum com grão (aliás, numa rápida retrospectiva, acho que foi coisa que nunca comi - meia-desfeita sim, imensas vezes), nunca me chegaram apetites desses e o pãozinho fica-se mesmo pelo acompanhamento do queijo no final da refeição (sim, eu sei, o colesterol e o camândrio...)
    Eu chamar-lhe-ia gulodice, mas que diabo, gulodice por pão?!
    Olha, um conselho: Come mais um bocadinho de grão, até encheres "a mula", a ver se te aparece o mesmo desejo. Se aparecer é grave! Não sei porquê, mas é!

    Sócio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sócio Asinho,
      A minha avó tb já morreu e eu continuo a comer "pão d'avó" :P

      Sim, sou gulosa por este tipo de pão em particular e não pelo grão. Mais depressa como 2 pães destes a seguir a um prato de grão do que "apenas" dois pratos de grão.
      (Eu disse que era hábito estranho. :))

      Eliminar
  8. Eu cá aceito sempre os meus desejos sem tentar perceber o porquê. E como de tudo um muito. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha o meu amigo Nostre...
      Um grande (e higiénico) abraço do teu, salvo seja, Leão... eheh

      Eliminar

Olha, apetece-me moderar outra vez! Rais' partam lá isto!

P.S.: Não sou responsável por aquelas letrinhas e números enfadonhos que pedem aos robots que cá vêem ler-nos.